Câmara da Ribeira Grande recebeu cerca de meio milhar de pedidos de apoio

A Câmara da Ribeira Grande, através da divisão de Ação Social, recebeu e encaminhou cerca de meio milhar de pedidos de apoio ao longo dos últimos dois meses, mantendo em funcionamento todos os canais comunicacionais tendo em vista uma rápida resposta aos munícipes durante o período mais crítico da pandemia por covid-19.

Apesar do atendimento presencial estar suspenso, como recomendam as autoridades de saúde, a autarquia não deixou de receber e encaminhar os pedidos de apoio, conseguindo no espaço de dois meses responder a milhares de solicitações diversas.

“Os pedidos de apoio mais comuns dizem respeito a alimentação, pagamento de água, luz ou gás”, enumerou Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara da Ribeira Grande que fez um balanço “muito positivo do desempenho dos serviços da edilidade neste período difícil para todos.”

Para além dos apoios já mencionados, a autarquia recebeu e encaminhou diversos pedidos de ajuda para “pagamento das rendas de casa ou prestações do crédito habitação ao banco, compras de bens alimentares para idosos, medicação, realojamentos, apoio a pessoas sem-abrigo ou em quarentena”, acrescentou o edil.

Alexandre Gaudêncio explicou que “apesar do momento difícil e das inúmeras solicitações que nos chegaram, conseguimos agilizar as respostas em tempo útil de modo a ir ao encontro das necessidades identificadas e, para além disso, mantivemos o calendário previsto de outros apoios sociais, como é o caso da atribuição das bolsas de estudo aos estudantes do ensino superior.”

A este nível, recordou, “aprovamos a extensão do apoio a todos os requerentes elegíveis, ou seja, atribuímos bolsas de estudo aos cinquenta estudantes conforme previa o regulamento e estendemos o apoio a todos os suplentes em condição elegível, que foram mais quarenta e um.”

“A nossa ação está centrada nas pessoas e isso é perfeitamente visível no trabalho que estamos a desenvolver. Os nossos apoios estão a ser canalizados para aquilo que as pessoas mais precisam neste momento e isso deixa-nos satisfeitos porque a missão social está a ser cumprida”, frisou.

Alexandre Gaudêncio deixou ainda “palavras de reconhecimento e agradecimento a todos os colaboradores da autarquia que, mesmo em teletrabalho e com responsabilidades familiares à sua conta, não têm deixado de estar disponíveis sempre que necessário para ajudar quem mais precisa.”